Shampoo de neem em barras

O óleo de Neem é conhecido por suas propriedades antibactérias e antifungos, mas também tem ação benéficas sobre algumas condições da pele como, acne, caspa, micose, psoríase e eczemas.

Esta é uma fórmula convencional de um shampoo para cabelos e também para o corpo, com predominância de óleo de abacate e oliva, ricos em oleico para um condicionamento suave da pele, palmiste em pequena quantidade para uma média ação de limpeza, palma para a dureza, mamona para a cremosidade e o óleo de neem com ação contra bactérias e fungos.

O óleo de neem tem um odor característico e pungente que foi minimizado com a mistura de óleos essencias de lavandin, litsea cubeba, tea tree, alecrim e limão siciliano. 

clique aqui para fazer o download da fórmula

 

 

13 ideias sobre “Shampoo de neem em barras

  1. Olá Roberto! Expressar em palavras a gratidão e admiração por tudo o que você tem feito por aqui é quase impossível. Por enquanto, só posso dizer “muito obrigada”, em meu nome e de tanta gente de verdade que admira tua maneira de agir, e evolui com isso. Muito obrigada!
    Na busca pela autosuficiência (no que for viável e sem radicalismos), encontrei o teu site. Especificamente sobre o shampoo de neem em barras, ficou uma dúvida: os óleos-base que você utilizou nesta fórmula são brutos (manteiga?) ou refinados? De uma forma geral, isso faz diferença no resultado do sabão? Qual?
    Muito obrigada por tudo, mais uma vez!

    • Tiane,
      Obrigado!
      Eu costumo usar refinados porque são normalmente mais baratos e livres de resíduos. Por exemplo o óleo de abacate sem refinar é 3 vezes mais caro que o refinado. O refinado tem maior durabilidade (shelf life) do que os brutos.
      Não existe diferênças significativa entre refinado e bruto. O índice de saponificação são iguais e alguns tem particularidades, como o abacate bruto queé verde enquanto o refinado é claro e transparente

  2. Resido em Portugal e não consigo encontrar óleo de mamona e de coco de babaçu.
    Será que os posso substituir por outros óleos mais fáceis de encontrar?
    Cumprimentos

    • Olá Maria Manuela,
      O óleo de mamona é chamado de óleo de rícino em Portugal, aqui também, mas o nome mais usado é mamona. O rícino nao é difícil de achar em Portugal. O óleo de coco de babaçú pode ser substituido pelo óleo de coco (coco nuciferas) e é realmente é dificil encontra o babaçu por aí.

  3. Bom dia Roberto,

    Eu poderia substituir o óleo de Abacate por outro ( aumentar a quantidade de mamona ou oliva , babaçu ou côco ) ? Infelizmente estou sem o Óleo de Abacate em casa e gostaria de testar a receita.
    Obrigada por compartilhar tanto conhecimento. Sou uma seguidora fiel de seu site.
    Obrigada.
    Marina

      • Obrigada pela resposta, Roberto. Tenho mais uma dúvida, se puder me ajudar. Pretendo fazer o Shampoo em barras de Neem para meu uso e li em um dos seus artigos, que ele perde suas propriedades no Cold Process. Para que eu faça o melhor aproveitamento do Neem no Hot Process, em que momento devo adicioná-lo à fórmula. Posso usar essa receita no Hot Process, ou ela é mais adequada ao Cold apenas?
        Muito obrigada.
        Marina

  4. oi vc podia fazer uma postagem explicando essa tabela das formulas! quebrei a cabeça aqui mas nao consigo entender, queria muito fazer seu curso, mas a situação financeira do momento não me permite e moro no interior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>