Introdução

Velas naturais de cera de abelha

Dinâmica da chama de uma vela 

A cera de abelha, diferente da parafina, que é um hidrocarboneto, é constituida principalmente de ácido cerótico e palmítico, ambos ácidos graxos de constituição C26 e C16 respectivamente. Como a parafina ela queima com chama semelhante mas significantemente lenta devido ao seu maior ponto de fusão e pela sua composição. Quando se acende uma vela o calor da chama derrete a cera perto do pavio. A cera líquida é então drenada para a parte superior do pavio, pela ação da capilaridade. O calor da chama vaporiza a cera líquida e então inicia a quebra em moléculas de carbono e hidrogênio e outros constituintes complexos. Essas moléculas vaporizadas submetidas à chama reagem com o oxigênio do ar gerando calor, luz, vapor de água e dióxido de carbono. Aproximadamente um quarto da energia criada pela combustão da vela é calor que se propaga da chama em todas as direções. Este calor é suficiente para fundir mais cera e manter o fluxo de combustível e consequentemente a chama, até que a cera acabe ou a chama é eliminada. É necessário alguns instante depois que se acende a vela para o processo de queima estabilizar. Durante este período a chama pode oscilar e pode gerar fumaça em excesso.

Se olhar atentamente uma chama de vela você notará uma área azul na base da chama. Acima desta área azul verá uma área pequena de cor laranja escuro e acima desta, uma grande área amarelada, característico de uma chama de vela. A área azul, rica em oxigênio é onde as moléculas vaporizam e começam a quebrar em átomos de hidrogênio e carbono. O hidrogênio é o primeiro a sair e reage com o oxigênio e forma vapor de água. Alguns carbonos reagem e formam dióxido de carbono. A área laranja escuro é carente de oxigênio e nesta área várias partes das moléculas continuam a serem quebradas em átomos de carbono. Associado com a formação do vapor de água e dióxido de carbono formados na área azul, a temperatura é de aproximadamente 1000°C. Na parte inferior da zona amarelada há a formação de fuligem, que sobe e incandesce e emite o espectro completo da luz visível. Como a porção amarela do espectro é dominante os olhos percebem o caracteristico amarelo da chama das velas. A temperatura no topo da zona amarela chega a 1200°C.

 Teste de pavios velas de cera de abelha

A parte mais importante da queima de uma vela é o pavio. O pavio funciona como um fornecedor de combustível (cera) para a chama. Atuando como uma bomba de combustível o pavio mantem o fluxo de cera líquida que alimenta a chama. Existem no mercado americamo mais de 100 tipos de pavio para os vários formatos de velas e tipos de cera. Estes pavios são na grande maioria para aplicações em velas a base de parafina e muito pouco existe para velas de cera de abelha. Aqui no Brasil a variedade de pavios para velas é muito pequena e inexiste pavios específicos para velas de cera de abelha. Quando comecei a estudar os pavios, o primeiro tipo que testei foram os barbantes comum de várias bitolas. Os barbantes usuais para cera de parafina não funcionam nas de abelha. Quando digo não funcionam significa que não queimam à perfeição, isto é, apagam, gotejam excessivamente, a chama ora é pequena demais, ora é excessiva, etc. Fiz dezenas de testes de queima até chegar à algumas poucas alternativas, nem sempre reprodutíveis porque o fator tipo, origem, cor, florada e outros fatores da cera variam enormemente. Abaixo um dos teste que fiz com pavios especiais, para uso em velas de parafina.

Dispositivo para o acabamento das velas

Normalmente ocorre este defeito na base das velas por retração ou no momento de desenformar. Fiz este pequeno dispositivo que consiste numa barra de aço com um uma cavidade cônica (para velas cônicas) e um furo dreno.

Você aquece esta peça na temperatura um pouco superior o ponto de fusão da cera (65°C), usando qualquer tipo de aquecedor e um recipiente para conter a cera derretida. Uma vez aquecido é só colocar a base da vela no dispositivo, girar alguma vezes e pronto, a base estará nivelada e o defeito corrigido.

 

Fornecedores

 

NomeEndereço site/e-mailCategoriaObservação
Casa de Velas Santa Ritahttp://www.srita.com.br/Pavios e velas de todos os tipos
Império da Essenciashttp://www.imperiodasessencias.com.br/index.aspPavios e acessórios para velas
Casa das Essencias SShttp://www.casadasessencias.com.br/index.aspPavios e artigos para velas
Casa das Cordashttp://www.casadascordas.com.br/site/home/home.aspxTodos os tipos de cordas e barbantes
Palácio da Cerahttp://palaciodacera.com.br/loja/Cera de abelha
Polemelicaro@polemel.com.brCera de abelha direta do produtor
Laminexhttp://www.laminex.com.br/Todos os tipos de plásticos, celeron, PU

 

 

133 ideias sobre “Introdução

  1. Olá! Meu nome é Bárbara e gostei muito do seu site. É muito técnico e traz informações difíceis de encontrar na rede. Gostaria de saber se é possível perfumar as velas com óleo de citronela. se sim, qual a proporção? Obrigada.

  2. Boa Noite Roberto.
    Acho que vc deve de estar viajando, mas não custa tentar.
    Quero começar a fazer velas aromáticas e estou no momento dos testes de composição da cera.
    estarei utilizando: Cera de Palma, Estearina Vegetal e Cera de Abelha.
    O que me falta agora é o começo, para que eu possa ter a minha escolha nestas formulas.
    Qual a porcentagem que vc pode aconselhar?
    Qual seria a composição mais “perfeita” com estes tres ingredientes?
    Obrigado
    abs
    ricardo

    • Ricardo,
      Estou viajando e nao tenho todas as informacoes comigo, mas para nao deixar muito tempo pendente, vou responder do melhor modo. Cera de palma e estearina de palma é a mesma coisa. Se nao for fazer só com cera de abelha, vc pode misturar a estearina de palma, fica uma vela mais fácil de queimar, vc nao terá muitas dificuldades de acertar o pavio.
      A proporcao correta vc tem que experimentar para obter a melhor mistura.

  3. Boas,
    Antes de mais Obrigada pela partilha. Ando há tempos a fazer testes para o pavio das velas de cera de abelha mas estou em Portugal…acha que me pode ajudar na equivalência do material bem sucedido – Traçado Flat? Vou tentar um pavio mais grosso mas o material que tenho é 100% algodão, traçado, que adquiri a uma marinheiro. São usados nos quadros dos Marinheiros, com vários tipos de nós, não sei se está ver. Obrigada. Saliento que tenho usado cera de soja, e também é bastante ecológica, e nessa o pavio já se porta bem!! Até Jazz.

    • Olá Claudia!
      Infelizmente isso de ajustar e achar o melhor pavio para as velas de cera de abelha é por tentativa e erro, é experimentando, testando.
      O que é certo é que o pavio tem que ter mais diâmetro do que o pavio para as velas de parafina, esse do marinheiro me parece bem, teste e verifique.
      Desculpe se não posso lhe ajudar mais objetivamente!
      abraço
      Roberto Akira

      • Olá, Após o seu teste cheguei logo a essa conclusão…que a espessura que estou a usar é a mesma para a parafina…vou já testar o de maior espessura! Apenas pensei que o material não estivesse a contribuir mas vou testar…
        Obrigada do coração.

  4. Olá, como fazer para a cera de abelha não grudar na forma? Diferente da parafina, a cera gruda de uma forma q fica impossível de tirar. Estou usando cera de abelha pura e estou tendo que moldar a vela a mão, enrolando como se fosse uma massinha.

    • Nati,
      O melhor é usar moldes de silicone que a cera não gruda, mas sei que obter estes molde é complicado. Se for usar molde de aluminio ou zincados, o melhor é pulverizar spray de silicone (desmoldante). O que eu costumo usar é o fabricado pela Carbografite, mas tem várias outras marcas equivalentes.

  5. Boa tarde sou de Portugal mas pesquisei aqui como fazer velas com óleo de cozinha usado com estearina. Tentei comprar numa drogaria só me vendeu a estearina em barra. Para uma chávena de óleo meia de estearina. mas como é que eu sei a quantidade de estearina não é granulado? Onde poderei comprar o corante e a essência? Moro perto de 2 cidades Oliveira de Azeméis e S.joão da Madeira. Será q posso colocar como essência dos ambientadores, que se coloca em flores de madeira por exemplo? Ou provocará uma explosão? Tentei e coloquei um corante de água e provocou uma pequena. Posso aquecer o óleo e coloco a pequena quantidade de estearina a diluir, não pode aquecer muito certo? depois tenho que deixar arrefecer para colocar o corante e o aroma? Se me poder ajudar agradeço estou desempregada e gostaria de fazer velas para oferecer no natal. Obrigado

  6. Gostaria de saber a diferença das parafinas, micro, macro e plus.
    Fiz uma vela com a parafina macro, ela não queimou direito, não sei se foi a parafina ou o pavio. Vc pode me ajudar????

  7. Olá,
    Por favor, estou fazendo uns testes com vela de cera de abelha porém, ela não fica perfumada como gostaria, tem alguam dica pra dar???
    Obrigada

  8. Olá Roberto, suas dicas realmente foram muito úteis. Eu cheguei a desistir de fazer vela de cera de abelha por não ficar acesa. Porem estou buscando na internet o Pavio recomendado e não encontrei. Nem nas loja que indicou nem em outras. Tem outro local onde eu possa encontrar?

    Obrigada

  9. Olá Sr. Roberto! Gostaria de saber se for possível, que pavio é utilizado nas velas de óleo de cozinha. Venho testando vários , mas acabam virando e apagando na poça. E tem uma temperatura certa para derreter ? Parabéns pelo Blog !

    • Pedro,
      Eu nunca fiz velas de óleo de cozinha e portanto fica dificil te ajudar. Lembro que a escolha do pavio é a parte mais trabalhosa ao fazer uma vela, vc tem que experimentar varios tipos de pavio até acertar ou alguém lhe passa um que funciona

      • Estou tentando fazer uma vela de cera de abelhas em formato hexagonal, com tamanho de 5 cm de lado. Tentei comprar um barbante de 4 mm, e fazer a vela. Mas o mesmo depois de um tempo vai diminuindo a chama e apaga. Tudo isso muito rapido. Nao dura nem 5 minutos acesa.
        Agradeceria se voce conseguisse me dar alguma dica.
        Grato
        Marcos

        • Marcos,
          A parte mais importante de uma vela é o pavio
          Tem que escolher o pavio correto. Veja os posts anteriores que já falei muito sobre isso e a recomendação

  10. Akira,
    Gostaria de saber porque o sabão que estou fazendo com oleo usado, usando soda liquida na proporção de 1000 g de soda para 5000g de oleo , o meu sabão fica com excesso de oleo escorre oleo quando coloco no molde (forma) ja fiz varias vezes e não acontecia isso mas depois das ultimas 5 receitas que fiz para cá esta acontecendo isso, eu não sei o que é. Gostaria de uma opinião sua sobre uma possível causa.
    GRata
    Roseli

    • Roseli,
      Qual é a concentração da soda liquida que vc está usando?
      Para 5kg de óleo vc precisa de 675g de soda. Se a soda liquida for a 50%, que é o padrão, precisaria de 1350g.
      Nesse caso estaria faltando soda o que explicaria esse óleo que não reage extravasa.

      • Obrigada sr Akira
        Obrigada por responder;
        então eu tenho que usar 4600gr de oleo usado para um litro de soda liquida que compro já engarrafada para que não fique com excesso de óleo e fique escorrendo depois de pronto
        grata
        Roseli

        • Roseli,
          Qual é a concentração da soda liquida que vc está usando? É muito importante, se não souber não tem como calcular corretamente.
          Para 5kg de óleo vc precisa de 675g de soda. Se a soda liquida for a 50%, que é o padrão, precisaria de 1350g.

  11. Olá Roberto, você é uma pessoa iluminada!!!

    Não consigo parar de ler seu site. Parabéns…
    Parabéns pela iniciativa e disposição de compartilhar suas experiências com todos nós. Obrigada!

    Abraços.

    Micilene

  12. Olá Sr. Roberto
    Estou em pesquisa para desenvolver velas de cera de soja. O sr sabe onde encontrar a melhor matéria prima? Já mexeu com a cera de soja?
    Obrigado pelas dicas no seu site

  13. Boa noite senhor Akira, como todos estou muito feliz de ter encontrado o site, parabéns e obrigada por compartilhar o seu conhecimento conosco. Estou a algum tempo querendo investir em um negócio de velas, o senhor saberia me indicar um curso que abrangesse conhecimentos gerais e específicos para a fabricação das velas com ceras? Não necessariamente só a de abelha.
    Grata desde já !

    Diana Santos

    • Diana,
      Acho que nao existe um curso sobre velas, pelo menos eu não conheço.
      Penso que nao é uma atividade artesanal muito complexa, quem sabe vc mesmo consiga desenvolver por si só

  14. Obrigada Senhor Akira.
    Mas a ideia é montar uma empresa não tão artesanal, por isso a necessidade de aprendizado. Hoje ainda entrei em contato com o Sebrae, vamos ver se eles conseguem me ajudar. Sempre fui apaixonada por velas, seus frascos e aromas, e resolvi fazer disso uma atividade. Mas começas não é fácil.
    De qualquer forma, sou muito agradecida pelo retorno e informações contidas no site.

    Um Abraço,

    Diana Santos

  15. Oi akira!

    gostei das dicas que pôs em seu site.. me ajudou bastante.
    estou com dificuldade de encontrar um pavio de cobre com 3mm.. saberia me indicar algum lugar onde possa conseguir.. na santa rita consegui comprar o pavio de 2mm, ele serviu muito bem para as velas finas, mas nas mais largas que tenho feito a chama rapidamente se torna muito fraca. você acha que o pavio mais grosso pode resolver este problema??

  16. Olá, boa noite Sr. Akira. Em primeiro lugar obrigada por dividir sua experiência com todos os interessados. Adorei tudo!
    Tenho uma dúvida… Não sei se poderá me ajudar. Minhas velas tenho usado parafina,estearina essência e corante. Quando começam a endurecer o meio afunda para o centro do pavio.Ficando um buraco. Não sei o deve fazer. Pode me ajudar? Ou sua experiência é voltada apenas a cera de abelha?
    Obrigada e tenha uma boa noite!

  17. Roberto, bom dia.

    Estamos trabalhando com uma Vela Hidratante a base de cera de abelha, óleos essenciais, manteiga africana e essência a base de água. O nosso problema é o seguinte:
    – Pavio quando aceso fica estalando, acredito que por causa da essência a base de água. Para 1 litro de Vela Hidratante usamos 170 ml de essência. Haveria uma forma de contornar utilizando algum pavio especial? Não podemos trocar a essência, ela é nosso carro chefe.

    Att.,

    Soraya Fernandes

  18. Olá sr.Roberto,

    Seu texto me ajudou muito. O sr sabe me dizer se posso misturar parafina e cera de abelha para fazer com que a vela queime por mais tempo?
    Att.
    Tatiane

  19. Estou tentando fazer uma vela de cera de abelha em um recipiente de 5 cm por 5 cm e 5cm de altura. Testei todos com pavio de algodão da casa das cordas, conforme indicado. Contudo depois de 2 horas a vela apaga e quase não acende mais. Testei com pavios de 2mm e 5mm. Você teria alguma sugestão? Não sei se tenho que adicionar alguma coisa na cera de abelha ou no pavio cru de algodão. Parece que o pavio se afoga na cera derretida. Poderia me ajudar?

    • Marcos,
      Se eu entendi sua vela é um tipo container, isto é, ela fica contida num recipiente.
      Vela de cera de abelha 100% tem dificuldades de queima qdo está num contêiner de profundidade, como esse de 50mm, por falta de ar suficiente para manter a queima uniforme à medida que vá consumindo e o nível abaixa.

      • Neste caso o que você me recomenda ? Misturar com algum óleo? Isto que acontece e comum? Ou existe alguma forma de se evitar? Estou perguntando isso porque as pessoas estão fazendo…. Adicionando algumoleo isso resolve?

          • Estas velas mais grossas que você brilhantemente esteve demonstrando nos testes, queimaram até o fim? Pergunto isso porque nos testes que você demonstrou aonde estava a velas acessas (ultima foto das velas acesas), indicando que a “chama baixa mais contínua” (velas de baixo ‘a direita), elas queimaram até o fim ou depois apagaram? Isso porque as minhas estão apagando logo depois desta situação. Embora estejam em um pote de vidro. A experiência que fiz é se eu retirar o excesso da cera das laterais, plainando a cera em volta do pavio, a vela retorna ao seu estado original (não importando se está em um pote de vidro como o meu caso, ou simplesmente vela grossa, como no seu teste).
            É por isso que estou lhe perguntando pela sua experiência, se estas velas queimaram até o fim, ou se você faz algum procedimento para evitar que se apaguem…

            • Marcos,
              Depois que vc acerta o pavio com o tipo de cera que vc está usando, todas as velas que fiz queimam até o fim. Esse fim é relativo, elas queimam até que a vela se torne uma piscina e apagam por falta de sustentação do pavio.
              Um dos vários defeito de uma vela de cera de abelha é isso que vc se referiu que é o tunelamento ou poço. A vela queima mas não funde as laterais e vai criando um poço que acaba por apagar.Isso é falta de adequação do pavio.

  20. Olá amigo Akira,por mera curiosidade li todos post e jamais imaginei nem pensei, que fazer uma vela de cera de abelha, tivesse tantos detalhes importantes.Tudo é fácil quando se sabe!Difícil torna-se impossível por falta de conhecimento.Tua generosidade em compartilhar as experiências, acrescentou muitos “elos” para mais um,meu saber.Fico muitíssimo agradecido.Por favor,receba um fraternal abraço,Miecislau.

  21. Bom dia!!
    Vi em seu site a utilização de corantes minerais para velas e sabonetes, gostaria de saber se posso utilizar o carbonato de cobre como corante pois não vi em sua relação.
    A utilização é para velas de cera de abelha
    Agradeço a atenção dispensada.

    • Priscila,
      Eu só recomento colorantes aprovados pelo FDA para uso em cosméticos (sabão).
      O carbonato de cobre não é um pigmento autorizado pelo FDA.
      Para velas não sei te dizer como vai se comportar, acredito que vá produzir uma cor esverdeada na chama, característica do metal cobre qdo queima.

  22. Boa tarde.
    Pesquisando onde comprar cera de soja para fazer velas, encontrei o seu site e gostei muito. Achei bastante profissional e com informações concretas, parabéns. Gostaria de fazer algumas velas com óleo essencial, mas com cera de soja. Você poderia me indicar onde comprar na cidade de São Paulo? Desde já obrigada. Abraços.

  23. Boa tarde, sobre onde encontrar a cera de soja, lendo todos os comentários percebi que outra pessoa já havia feito a pergunta e você havia respondido. Desculpe, já entrei no site e encontrei. Muito obrigada.
    Abraços

  24. Boa tarde Akira,
    gostaria de te agradecer pela quantidade de informações que você disponibiliza no site, tenho uma questão sobre o uso da cera de soja, as velas ficam duras e quebradiças, você sabe de algum aditivo para tornar menos quebradiça?

  25. Sr. Akira, Boa tarde!

    Estou amando suas explicações.
    Gostaria de um conselho vou fazer velas com cera de abelha qual pavio melhor a ser utilizado:
    Corda Algodão Vivo Cru 2,0 mm ou
    Corda Algodão Vivo Cru 3,0 mm ou
    Corda Algodão Vivo Cru 4,0 mm ou
    Pavio em rolo com fio de cobre os que são utilizados para velas de 7 dias ou
    Alguma outra opção melhor que estas.

    Muito obrigada pelos compartilhamentos e atenção.
    Abraços.

  26. Boa noite Sr. Akira,

    Antes de mais nada, parabéns pelo site!

    Estou testando pavios para velas de cera de abelha, para evitar tunelamento empoçamento, e pensando em fabricá-los com cordão de algodão de 5 mm embebido na própria cera.
    Minha pergunta é sobre a temperatura ideal para aplicar a cera no cordão, pois no meu entendimento, quanto mais quente a cera estiver, menos viscosa estará e portanto deverá penetrar mais no cordão. Pensei certo?
    Desde já te agradeço.
    Rodrigo

  27. Oi Akira, tudo bem?

    Tenho pesquisado muito sobre velas e vi q vc tem um grande conhecimento!
    Não sei se vc pode me ajudar!! Eu faço velas perfumadas, mas mesmo usando até 10% de fragrância percebo q a vela não fica tão perfumada como as americanas, como a voluspa ou qualquer outra vela importada – vc sabe me dizer se isso depende da base q eles utilizam para fazer essas velas ou da qualidade da fragrância?? Eu estou realizando os teste com fragrâncias direto de uma casa de fragrância (cramer) q foram desenvolvidas para vela.
    A base q eu utilizo são essas compradas prontas em casas de essência com nome parafina granulada. Eu derreto a cera e incorporo a fragrância.
    Vc acha q trocando a base conseguimos melhorar a performance da fragrância?
    Obrigada

  28. Olá, Akira! Que blog maravilhoso! Você tem algo a dizer sobre a Cera de Palma? Vejo que alguns produtores de velas usam Cera de Coco e quando pesquisei, cheguei à Cera de Palma. Minha dúvida é se as duas são a mesma coisa e onde encontrar, pois não tenho achado em vendas online.
    Muito obrigada!

    • Maria,
      Cera de palma acho que é a estearina de palma, a fração de maior ponto de fusão do óleo de palma, é muito usado em velas naturais.
      Não sei onde pode comprar

  29. Boa tarde Roberto! Achei muito interessante esse post sobre velas e eu gostaria de saber que tipo de cera ou substancia devo usar para fazer uma vela hidratante beijavel, que nao tenha problema de ser ingerida.

  30. Sr. Akira.
    Estou maravilhada com seu site.
    Muito útil e muito claro.
    Sobre as velas de cera de abelha, eu gostaria de saber se elas tem alguma propriedade medicinal?
    E qual seu uso por montanhistas, já que alguns recomendam as mesmas pra serem usadas em trilhas.

  31. Parabéns pelo site e pelas informações disponibilizadas!
    Você já fez velas de cera de abelha com algum produto misturado, como óleo de coco, por exemplo?

  32. Roberto, obrigada por compartilhar seu teste!
    Faço velas de cera de abelha tipo palito, tentei fazer velas mais grossas, do tipo das de “7 dias” e todos os testes que fiz com diversos pavios resultaram com a chama apagando após um tempo, acabei desistindo. Agora vou testar os que sugeriu, abç.

  33. Olá, desejo saber qual a diferença entre essência de sabonete e vela? Eu comprei duas essências, sendo uma de vela e outra sabonete, aparentemente possuem a mesma composição, porém desejo saber se posso usar a essência de vela na glicerina em barra para sabonete?

  34. boa noite!
    Me interesso aprender fazer velas aromáticas a base de cera de abelha,pergunto: coloca-se algum outro produto misturado a cera de abelha ?

    • Simone,
      Eu nunca misturei fragrâncias nas velas de cera de abelha que fazia, pois queria manter o máximo natural.
      Vc pode colocar essencias para aromatizar

  35. Olá,
    Quero começar a fazer velas de soja, você pode me indicar algum fornecedor da cera de soja?

    muito obrigada por dividir seus conhecimentos! Amo esse blog <3

  36. Bom dia, Sr. Akira.
    Agradeço pelas informações aqui compartilhadas.
    Sou iniciante no processo de fabricação de velas e gostaria de utilizar matéria prima de origem vegetal. O senhor saberia me indicar algum local (físico ou virtual) para comprar cera vegetal (pelo que pesquisei poderia ser cera de carnaúba, côco, palma, arroz, girassol)?

  37. Primeiramente parabéns pelo Blog !!!
    Sou artista plástica e quero trabalhar com velas trabalhadas, pensei em algo sustentável, a cera de abelha eu não consigo comprar; pesquisando encontrei a parafina de soja no mercado livre, onde o fornecedor afirma no pacote ser 100% ecológica, porém no detalhamento ele respondeu para alguém que contêm 10% de parafina, ao meu entender já não se trata de um produto 100% ecológico, estou certa? e como posso saber quanta parafina contem este produto na realidade?
    E a forma de trabalhar dessa parafina é a mesma da parafina de petróleo?
    Desde já agradeço por compartilhar seu conhecimento
    Att,
    Elaine

    • Elaine,
      Não existe no Brasil ceras 100% vegetais para fazer velas, como as ceras de soja. As que vendem por aqui como a tal de Eco Mix tem mistura de 50% de parafina.

  38. Akira, ficou uma dúvida. Não entendi qual pavio foi o melhor, por um acaso foi o trançado flat da Santa Rita o que está selecionado em branco?
    Muito obrigada e parabéns pelo seu site, estou aprendendo muito e fazendo transformações na minha empresa…
    Muito obrigada…

    • Andrea,
      Esse funcionou sim, o da Sta Rita, porém o melhor mesmo, que depois testei, é o: Corda de algodão vivo cru de 2mm, da Casa das Cordas

  39. Ola Akira, seu site é fantástico. Estou pesquisando o processo de fabricacao de velas a base de cera de soja, aqui nos Estados Unidos onde moro é bastante popular. Voce ja fez algum experimento com a cera de soja?

    Obrigada,

    Daiane

  40. Olá, Akira!

    É normal que as velas queimem e fiquem com o formato de “copo,” como se ela só queimasse o centro? Fiz vários testes e todos eles ficaram dessa forma. Outra coisa, tentei perfumar minhas velas com óleo essencial e não deu muito certo. Usei alecrim e capim limão. Uma delas ficou perfumada mas quando acendo o pavio ela não perfuma o ambiente. Tenho a impressão que vela + óleo essencial não é uma boa combinação pelo fato dos óleos volatizarem com alta temperatura. Estou certa? Obrigada pela partilha de informações aqui no blog.

    Um abraço,

    Daniela

    • Daniela,
      Formar piscina e só queimar no centro, deixando as paredes intactas, é um defeito. Precisa otimizar o pavio.
      É isso mesmo, queimar os óleos essencias normalmente perdem o cheiro característico.

  41. Olá, desde já obrigada pelas informações.
    Quero começar a fazer vela com cera de soja. Coloquei o óleo essencial, mas não perfuma tanto quanto as que comprei para conhecer. Você tem alguma dica?

  42. Oi Akira, boa tarde. Eu tenho feito sabão de óleo reciclado há um tempo e aí pesquisando na internet vi receita para fazer vela com este mesmo óleo reciclado usando estearina. O que vocÊ acha? Muito tóxico o resultado final?! Obrigada

  43. Bom dia, sr Akira, tudo bom?
    Por favor, sabe onde eu poderia encontrar ceras florais? Pretendo perfumar as velas naturais com ela.No Brasil parece impossível. Tem algum contato de outro país que entregue aqui? obrigada desde já por sua atenção e parabens pelo trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>