8 ideias sobre “Reaproveitando o sabão – rebatch: pronto!

  1. que linda embalagem, gostaria de saber que material usar para embalar os sabões e ficarem assim como os seus.. de forma transparente. Também costumo fazer sabão com o que sobra de outros lotes… e para mim fica maravilhoso.

  2. Bom dia Sr. Roberto!
    Estou com dificuldade para produzir as barras de sabão de sal rosa… primeiro ficaram muiito quebradiças, agora oxidaram :( vários pontos amarelos….
    Minha dúvida é, posso fazer rebacht de barras que oxidaram?

    Obrigada!
    Camila

        • Camila,
          Não é assim que se faz o verdadeiro sabão de sal. O sabão de sal tem que ter pelo menos 75% de coco ou palmiste ou babaçu e 25 de óleo insaturado.
          A quantidade de sal tem que ser 1:1 com a quantidade de óleos.
          Não vai ser possível fazer o rebtach, tente de qq modo.
          Obs., vc usa o conceito de superfatting, creio que equivocado. Essas 35g de manteiga de cacau, que vc adicionou por último, se vc acredita que é isso que vai ficar sem saponificar, seu conceito é errado. No final fica é uma mistura de óleos que compões a sua formula, e não o último que adicionou

          • Bom dia Sr. Roberto!

            Entendi!

            Vou deixar essa receita em “stand by” por enquanto, reformular outra e testar a verdadeira receita de sal…
            Estou fazendo outras receitas também, que deram certo (não oxidaram, nem quebraram, tem ph de 9.0 e no uso estão muito bem para a pele) fiz elas estudando as apostilas da querida Beth Bachini e entendi que as 35g (5% de acréscimo) eram insaponificáveis na receita. Será que o senhor poderia analisar elas também? estou usando esse conceito em todas e fiquei na dúvida se acaba ficando “elas por elas” são apenas 05…. e se sim, posso mandar por e-mail?

            E obrigada novamente pelas suas respostas! Tem sido de graaaaaande ajuda para mim!

            Att.
            Camila

              • Boa Tarde!

                Comentei que a receita de sabão de sal que tenho, vou deixar de lado e tentar uma nova fórmula.

                Fiz outras receitas, de outros sabonetes e gostaria que o senhor olhasse, se possível, pois fiquei na dúvida quanto ao superfatting delas, já que eu havia entendido (estudando as apostilas) que o acréscimo de 5% sobre os óleos da base era o supperfating que ficaria sem saponificar, mas pelo que o senhor comentou esse conceito esta errado, e agora fiquei na dúvida se as outras receitas estão com esse conceito errado também…

                Obrigada novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>