Sabão em pó caseiro

Grupo discussão Saboaria – Portugal 

Fiz esta fórmula de sabão em pó caseiro para postar num grupo do Facebook que discuti a saboaria artesanal em Portugal.
Este grupo é fabuloso no seu espírito de partilhar conhecimentos de modo transparente e despreendido, todos aprendem e trocam os conhecimentos.
Quem tiver interesse de acessar, o grupo é fechado e precisa solicitar adesão, o endereço é: http://www.facebook.com/groups/saboaria/

Em Portugal a consciência ecológica e de sustentabilidade está em franco desenvolvimento. As pessoas se preocupam com a economia e preservação dos recursos naturais, a reciclagem e com o uso de produtos ecologicamente corretos. Estão sempre procurando produtos que possam substituir os produtos industrializados e derivados dos petroquímicos.

No grupo Saboaria alguém solicitou uma receita de sabão para lavagem de roupas. Sugeri um sabão vegetal de côco que costumo fazer: côco/palma – 75/25, mas como o óleo de côco é caro em Portugal, fiz uma modificação para compatibilizar custos e disponibilidade, sem sacrificar em demasia a performace do sabão. O óleo de oliva extra virgem comum é barato em Portugal, em torno de R$ 8 o litro. A fórmula do sabão de côco original e a modificação estão na página de download.
Deste sabão em barra foi derivado o sabão em pó pois muitos tem o costume de ralar o sabão, dissolver em água e usar na lavadora. O sabão líquido assim preparado fica muito ralo e precisa ser agitado antes de usar.

Por não ter o sabão de côco em barras, fiz o teste, com sucesso, do processo usando um sabonete de lavanda cuja composição é a que mais se aproxima da fórmula do sabão de côco em barras. Essa composição é básica dos meus sabonetes: oliva/côco/palma/rícino: 30/30/35/5. Se deu tudo certo com esta fórmula, com certeza ficará melhor com a fórmula do sabão de côco em barras original ou a modificada.

Fórmula

formula sabao po br 520px

O sabão de côco em barras, como disse acima, pode ser o original cuja composição é: óleo de côco/óleo de palma – 75/25 ou a versão portuguesa cuja composição é: óleo de côco/óleo de palma/óleo de oliva – 60/10/30. Lembrar que a dinâmica de limpeza está na solubilidade do sabão e no poder de fazer espumas. Assim sendo, quanto maior a quantidade de palmitato de sódio, um dos mais solúveis sais de sabão e também dos que mais faz espuma, maior é o poder de limpeza.
O carbonato de sódio amolece a água e remove sujeiras e o bórax é um branqueador e tira odores.

Como fazer

É preciso um ralador de cozinha, para ralar a barra de sabão, balança, e um processador de alimentos.

Aqui o sabão ralado no ralador de cozinha. Ralar previamente facilita a moagem no processador de alimentos.

Carbonato de sódio e bórax pesados na balança de cozinha.

No processador de alimentos, aos poucos vai se adicionando o sabão ralado junto com pequenas quantidades de carbonato de sódio e bórax e acionando o processador até obter uma moagem fina. Como é uma mistura de sólido faça aos poucos para preservar o procesador de sobre-aquecimento.

O sabão colorido facilitar observar a homogenidade da mistura.
Quando a mistura estiver bem fina e  bem homogênea o sabão em pó está pronto.

O sabão em pó e a dissolução em água. Obviamente a dissolução deste sabão não pode ser comparado com o sabão em pó sintético, industrializado e com derivados petroquímicos. Este sabão caseiro demora mais para dissolver mas o trabalho mecânico de agitação na lavadora é suficiente para uma boa solubilização e lavagem.

Medida do pH do sabão em pó caseiro. O bórax atua tamponando a solução e mantendo o pH abaixo de 10.

 clique aqui para o download da fórmula sabão em pó

 

 

20 ideias sobre “Sabão em pó caseiro

  1. ola boa noite tenho grande enterese de recebe informação desta formala de fazer sabão em pó pois ja trabalho com alguos produtos

    • Eucimar,
      Se for um sabão em barras, poderia tentar um sabão de côco. Tem fórmula na página de downloads
      Se for sabão líquido pode usar como base a fórmula do sabão líquido vegetal, que está no tutorial.

  2. Sr Roberto, gostaria de saber como fazer sabão de coco em barra, usando coco da bahia, e como fazer sabão em pó,. Aqui tambe´m fazemos dendê, tem alguma maneira de fazer com a borra que fica ?. lavamos a nossa roupa no rio, e não temos energia eletrica. obrigada

    • Adriana,
      Sim, é possível fazer o sabão de coco usando o coco da bahia, o coco da praia. Os índices de saponificação são quase iguais e assim vc pode usar a mesma fórmula que usa palmiste ou o babaçu. O sabão em pó pode ser feito ralando um sabão de coco bem seco, tem um post sobre como fazer esse sabão em pó que descreve em detalhes, veja nos posts.

  3. Olá Professor,
    creio que seu conhecimento sobre sabões o coloca no meu caminho de desenvolver um sabão para lavar madeira, de instrumentos, musicais e eu gostaria de utilizar um produto o mais natural possível, sendo assim, a gordura ou óleo de côco me chama á atenção pois utilizo o sabão comercial da UFE atualmente para lavar o braços de guitarras e baixos, mas somente sua espuma e dá um bom resutado. Será que é possível se formular um sabão que funcione bem e que tenha o PH mais próximo de 7?

    • Jorge,
      Todos os sabões são alcalinos, com um pH entre 9 a 10 no caso dos artesanais e nos industrializados podem chegar a 11.
      Os únicos sabões que tem pH baixo de 8 são os chamados syndet ou fomos, que em parte é natural e outro contém derivados petroquímicos.

  4. Prezado Roberto,
    Bom dia. Primeiro, parabéns e muito obrigada pelo seu site. O senhor é muito generoso em compartilhar conosco tanto conhecimento. Quando tenho alguma dúvida, passo aqui. Tenho uma questão: o borax e o carbonato de cálcio representam algum risco de manipulação, armazenagem ou de ingestão? Ou seja, demandam algum cuidado especial (uso de luvas ou outro equipamento de segurança)? O descarte, é problemático?
    Muito obrigada,
    Renata

  5. Bom dia, obrigada por tantas informações uteis. Estou estudando para fazer sabões, mas por enquanto não me aventurei. Tentarei fazer o sabão em pó caseiro usando o sabão Ufe, que foi o único sabão de coco comercial que, ao que me parece, é de coco mesmo e sem fragancias e petroquimicos…
    Minha dúvida é sobre o carbonato de sódio, se pode ser substituído pelo bocarbonato, pois vi algumas receias que usam este…? E também se o poder branqueador do borax, se é para uso somente em roupas brancas ou se não chega a manchar? Também não encontrei as proporções da receita…
    Obrigada se puder me ajudar.

      • boa noite sr. Akira,
        A pergunta da Fernada era sobre substituir o carbonato de sódio pelo bicarbonato, a minha pergunta é parecida, se dá para substituir o borax pelo bicarbonato, ficando a receita com 40% de sabão ralado, 30% de carbonato de sódio e 30% de bicarbonato de sódio e se essa substituição implica em perda de rendimento.
        Eu já faço a sua receita, com meu próprio sabão de coco e adoro, mas se substituir o borax, a receita ficaria mais barata visto que tenho que comprar o borax na internet, pagar frete, etc. e o carbonato, faço em casa a partir do bicarbonato, e compro o kg do bicarbonato por 9,90. ficaria beem mai sem conta. Mas não quero perder o poder de limpeza do meu sabão em pó. rsrsrs

  6. Olá, Sr. Akira, boa tarde!
    Gostaria de saber se é seguro utilizar processador de alimentos para a fabricação deste sabão em pó, e posteriormente utilizá-lo novamente com alimentos.

    • Tatiana,
      Olha, vc usa o que para lavar e higienizar os seus apetrechos da cozinha, incluindo a louça?
      Decerto usas detergentes ou sabão, não é mesmo? Nesse sabão em pó vc vai usar um produto similar ao o que vc usa na cozinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *