Sabonetes Transparentes

Tutorial de sabonete transparente

Segurança em primeiro lugar

  • Prepare o seu local trabalho e mantenha-o organizado
  • Eduque sua família e especial cuidados com crianças pequenas
  • Tenha certeza que você entende o processo
  • Use luvas de borracha e óculos de segurança
  • Nunca deixe os óleos quentes desassistidos
  • Nunca deixe a soda e a solução de soda desassistida
  • Trabalhe com método
  • Não se distraia no trabalho
  • Limpe imediatamente os respingos

Fórmula

 Fórmula bastante simples com babaçu, palma e mamona. O ácido esteárico é um ácido graxo saturado (C18) de origem animal ou vegetal. Aqui foi usado o de origem vegetal, que não é fácil de ser achado. A glicerina bidestilada pode também ser de origem animal ou vegetal (biodiesel), mas é muito difícil saber a sua real origem.

Equipamentos

Os equipamentos de segurança, óculos e luvas, são fundamentais e devem sempre serem usados na manipulação das matérias primas e no processo.

Neste processo é usado uma panela de cozimento lento “crock pot” para realizar a reação de saponificação, que é um processo a quente “hot process”. Esta panela permite um processo mais controlado, limpo e seguro. Poderia ser usado um sistema de banho-maria como alternativa. A característica de aquecimento da panela Narita NSC-35 que foi usada neste tutorial é vista abaixo:

Características de aquecimento 

Como se pode ver, é uma panela de aquecimento lento cuja temperatura máxima é atingida em 180 min e não ultrapassa 85 graus Celsius na regulagem de alta.

Prepararação do molde

Molde para 13 barras de 100 g. O revestimento usado é de folha de acetato e é reutilizável, com pedaços de papel manteiga como cantoneiras.

Este revestimento reutilizável é feito de folhas de acetato mas pode ser usado essas capas de material plastico utilizadas em encadernação de trabalhos, vendidas em papelarias. São cortadas de acordo com as dimensões internas do molde e unidas com fita isolante.

As cantoneiras de papel são colocadas nos cantos do molde para evitar um possível vazamento da massa de sabão.

Aqui está o molde revestido e pronto para ser usado.

Preparando os ingredientes

Pesar o óleo de côco de babaçú.

Pesar o óleo de palma.

Pesar o ácido esteárico vegetal.

Pesar o óleo de mamona.

Misturar todos os ingredientes pesados anteriormente em um recipiente de plástico de polipropileno de 2 litros.

Derreter os óleos e o ácido esteárico no microondas por 2:30 minutos em alta, até completa dissolução.

Pesar o hidróxido de sódio (soda).

Pesar a água para a solução de soda.

Adicionar a soda sobre a água com agitação constante. Nunca adicione a água sobre a soda para evitar uma situação potencial de acidente! Deixe resfriar à 40 ± 1 °C.

Pesar o álcool etílico (etanol), longe de chamas!

Adicionar lentamente com agitação o ácool sobre a solução de soda. Faça isso longe de chamas para evitar acidentes!

Pesar o acúcar e dissolver na água quente e agitar até completa dissolução.

Pesar os óleos essenciais.

Pesar a glicerina.

Preparar o banho-maria. Aqui está sendo usado um aquecedor elétrico (chapa) mas pode ser dispensável se trabalhar rápido.

Aquecer a solução de soda e álcool, mantendo a 42°C.

Processo 

Colocar a mistura de óleos na panela elétrica e manter na temperatura de processo, 61°C.

Confira a temperatura da solução de soda e álcool, 42°C.

Adicionar lentamente com agitação manual com o mixer, a solução de soda e álcool sobre os óleos.

O inicio da reação de saponificação é quase imediata.

Aspecto leitoso e aumento da viscosidade, ligar o mixer e agitar.

Continuar a adição com o mixer ligado.

Grande aumento na viscosidade e formação de grumos. Continuar a adição e agitação.

Inicio de liquefação com diminuição na viscosidade. Raspe as bordas com uma espátula para incorporar e homogeinizar.

Liquefação completa e inicio da transparência.

Término da adição da solução de soda e álcool e formação de espumas. Diminua a agitação para evitar a formação de muita espuma.

Adicionar a solução de açúcar lentamente com agitação moderada.

Intensifica a formação de espumas. Mexa com cuidado.

Adicionar a glicerina com agitação moderada.

Término da adição de glicerina. A temperatura deve estar a aproximadamente 70°C.

Retirar com uma colher o excesso de espuma que não se incorpora e fica sobrenadante.

A transparência aumenta.

Reação de saponificação completa.

Deixar esfriar abaixo de 60°C e adicionar os óleos essenciais.

Despejar ainda quente no molde com cuidado.

Faça lentamente para evitar espumas.

A quente o sabonete é muito líquido.

Eliminar a espuma sobrenadante com um espátula ou colher.

Esperar 12 horas para esfriar e solidificar.

Retirar a barra de sabonete do molde e está pronto.

É normal haver uma retração na superfície da barra de sabonete. Nivele se preciso.

Corte da barra 

Cortar as barras na medida escolhida. Estas foram cortadas no cortador individual para pesarem 100 g.

Aqui estão as 13 barras prontas para a secagem de duas semanas.

Sabonetes transparentes!

Controle de qualidade 

Após 24 horas do inicio da secagem, é retirada uma alíquota da barra de contra-amostra para a medida do pH.

A aliquota é dissolvida em água.

Usando um phmetro digital portátil é medido o pH. 10.2 está ok.

Pode-se usar as tiras de papel de pH.

 

243 ideias sobre “Sabonetes Transparentes

  1. Roberto, boa tarde!

    Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pela grandeza e humildade com as quais compartilha seu rico conhecimento.
    Estou iniciando na fabricação de sabonetes artesanais e, lógico, tendo dificuldades.
    Tenho lido e pesquisado muito a respeito, mas pouco encontrei de concreto e verdadeiro.
    Inicialmente, estou buscando a formulação para os sabonetes glicerinados transparentes e estou utilizando óleo de coco babaçu (80%), óleo de mamona (16%) e ácido esteárico (4%).
    Tenho lido bastante suas publicações e gostado muito!
    Hoje mesmo fiz uma pequena remessa com esta formulação que te apresentei, mas o resultado não foi dos melhores.
    Desde já agradeço pela preciosa atenção e pelo valoroso trabalho!
    Fique em Deus!

      • oi tudo bom gostei muito da maneira simples que voce ensinou
        a fazer a massa.
        a minha pergunta e a seguinte eu gostaria de fazer a base
        transparente,se voce poder me ajudar vou ficar muito grata .

        • Teoni,
          Para fazer a base glicerinada (melt & pour) é ós vc retirar o palma, e manter o mesmo processo.
          Uma fórmula poderia ser:
          Babaçu/Esteárico/Mamona – 40/35/25
          e
          Acúcar/Alcool/Glicerina – 15/50/30 (sobre os óleos)

          Recalcula a quantidade de soda para saponificra os óleos

      • Cristiam,
        Pode ser fundido mas não é a melhor formulação para fazer isso, vai ter uma certa dificuldade por que contém óleo de palma. Como base glicerinada melhor se basear em outra formulação maos apropriada.

        • Olá! Por favor, poderia me ajudar?
          Comprei uma base glicerina que tem como ingredientes: óleo de babaçu, palma e palmiste, álcool, sorbitol, glicerina bidestilada, sacarose e H2O. (Volatilidade de até 12%)
          Gostaria de fundi-la e adicionar um pouco de óleo de semente de uva ou abacate, corante e óleo essêncial. É possível? Qual a interferência do óleo de palma nisso?

    • boa noite, me desculpe, eu tenho pesquisado sobre como montar um negocio e entre varios vi um depoimento que alguem especifica os seus trabalhos. vi alguns e gostei parabens.
      sou mocambicana e o atual estagio do meu pais e critico, tanto que perdi o emprego mas pela fe em deus me guiou ate asi para poder me subistanciar em varios aspectos.
      1-como adquirir uma maquina artesanal para fazer fabonete ou sabao? sem muitos custos porque estou passando uma fase dificil..
      2-quanto aos componetes e possivel adquir aqui no meu pais? agradecia bastante a sua ajuda..

      • Rabia,
        Quanto a equipamentos, depende o que você pretende fazer. Alguma pessoas, inclusive da África compraram equipamentos na Fenoquímica aqui no Brasil, se bem que os equipamentos não são de alta qualidade, mas é o melhor custo/benefício.
        Os ingredientes eu creio que vc possa comprar por aí, um óleo insaturado,que poderia ser soja, girassol, etc, óleo de coco, óleo de palma

        • BOM DIA. REALMENTE OS EQUIPAMENTOS PECAM EM QUALIDADE, MAS SE FOR BEM CUIDADO DURA ANOS. TENHO UM QUE COMPREI
          A UNS 10 ANOS E AINDA FUNCIONAM BEM. PARABÉNS PELO SEU TRABALHO. TENHO INDICADO PARA ALGUMAS PESSOAS QUE ACESSEM SEU SITE PARA MELHOR SE SITUAREM NESSE RAMO. ABRACO.

  2. Roberto, bom dia!

    Esta formulação com 1829 gramas, até a secagem completa, tem uma perda de quantos por cento em relação ao peso inicial?
    É que preciso fazer os moldes e quero fazer com o mesmo formato que você utilizou para evitar sucessivos cortes, uma vez que não possuo os equipamentos necessários para um belo corte e acabamento final.

    Obrigado!
    Abraço!

  3. Caro Roberto, boa tarde!

    Como eu disse anteriormente, tenho acompanhado seu trabalho e gostado muito.
    Desta vez venho para dizer que seguindo suas orientações consegui fazer a minha própria base glicerinada. Com o tempo e a prática constante sei que vou aperfeiçoando a técnica.
    Não sei se você já viu o meu blog de iniciante, mas já está saindo alguma coisa! hehehehe
    Obrigado pelos ensinamentos!

    Alessandro Alves

  4. É, não é fácil encontrar uma pessoa com tão grande amor e carinho em dividir o que se sabe, e como é importante encontrar alguém com as suas características, mas encontrei, e isto para mim é muito importante, obrigado por sua generosa maneira de distribuir o seu belíssimo conhecimento, estarei acompanhando você mais e mais e um dia quero te conhecer pessoalmente. um forte abraço.

  5. Olá Roberto,
    alguma vez experimentou usar cor neste tipo de sabão? ou tentar branquear com dioxido de titanio? Acha possivel?
    Obrigada,

    Monica

    • Olá Monica
      Nunca colori este tipo de sabão porque a finalidade é deixa-lo transparente, natural. Mas acho que é possível sim colorir usando corantes que tenham resistência à luz e mesmo usar pigmentos opacos como o dióxido de titânio e nestes casos vá se perder a transparência.

      • A minha questão era mesmo essa, haverá alguma forma de colorir este sabão mas mantendo-o transparente. Por exemplo em vez de amarela com a sua cor natural por causa dos óleos (de rícino ou essenciais) ter um verde ou mesmo transparente mas “branco”. O álcool e o açúcar não lhe darão na mesma a transparência à semelhança do sabão liquido que é possível mantê-lo transparente mas colorido?
        Obrigada pela sua resposta pronta. :)

        • Monica,
          O álcool e o açucar atuam com solvente do sabão transformando os cristais de sabão em diminutas partículas que possibilitam a transparência. Se qualquer coisa que vc adiciona na massa interfere nisso, o sabão perde a sua transparência. Por exemplo, se vc usar pigmentos, estes são normalmente opacos e o sabão deixa de ser transparente. Poderia usar corantes com resistência à luz (fading), os corantes são normalmente semi-transparentes, podem funcionar. Faça um teste antes.

  6. Olá Roberto, preciso calcular 1kl de sabonetes com essa fórmula, como faço?Quanto eu tenho que ter em peso certo? se eu me guiar pelas porcentagens, eu consigo sem erros que comprometam o preparo?
    E outra coisa, porque você usa óleo de palma e estearina juntos?

    • Gandharvika Ocque Romenski,
      Se vc vai fazer 1kg é só multiplicar por 10 a fórmula percentual (100%). Não vai ter problemas.
      Esta fórmula é de um sabão vegetal de gliceria e não é uma base glicerinada que vc faz artesanato em sabão derretendo a base. Por este motivo esta fórmula tem óleo de palma, é uma barra de sabão e não base glicerinada

      • ah, mas então acho que não entendi a diferença, porque a base que uso para derreter, tem oleo de palma, palmiste e coco babaçu, alcool, glicerina, e a forma de fazer é basicamente a mesma. Por isso perguntei, queria entender a função da estearina, eu vejo em umas formulas que tem e em outras não.

        • Gandharvika Ocque Romenski
          Estranho essa sua fórmula porque a maioria das fórmulas tem ácido esteárico e não tem palma, qdo é uma base para derreter.
          Eu uso os dois porque é um sabão em barras. Tenho uma análise de 4 fórmulas que foram discutidas no grupo Saboaria e todas tem ácido esteárico e não tem palma.

  7. Adorei , sou nova no ramo de sabonetes mas e sou simplesmente dependente ,amo muito …Estou muito tempo trabalhando para obter glicerina transparente, muitos fracassos ,alguns êxitos …Vou tentar este método…A temperature importa do açúcar e glicerina no final ? Obrigada..

  8. Olá Roberto, excelente….simplesmente excelente seu site e sua disposição de ensinar em detalhes todos os processos. Obrigado mesmo, já tinha pesquisado muito e sem sucesso. Mas fiz a receita conforme suas instruções e deu muito certo. Só não conseguir adotar a base de gordura totalmente vegetal, estou usando sebo bovino e oleo de soja. Mas gostaria muito de achar esses materiais que utiliza com bons preços, teria alguma referencia de lojas em Goiás ou Distrito Federal?

    No mais agradeço muito, mais uma vez e parabéns pela iniciativa.

  9. Olá, Boa Tarde.
    Oi, amigo, fiquei com uma dúvida. O sabonete depois de pronto ficou com o Ph 10,2 durante o período de maturação, seu Ph vai baixar ou não? Qual o Ph ideal para o corpo humano? Aguardo resposta.

    • Evanildo,
      pH de 10,2 está no limite superior mas ainda é seguro. O ideal é deixar com 9, menor do que isso é impossível, pela própria natureza do sabão.
      O pH depois de 72 horas se mantém constante e não abaixa qdo da cura/secagem.
      Depende de muitos fatores mas de modo geral para a pele o pH apropriado é o neutro ou ligeiramente ácido. Todos os sabões, quer sejam artesanais ou industrializados tem pH alcalino nesta faixa de 9 a 10 (o Dove é uma excessão, é um sabão híbrido) e como o sabonete é um produto de “arraste” cuja permanencia em contato com o corpo é frugal, este pH é inofensivo.

  10. Boa noite, a panela para esse processo deve ter algum revestimento especial?
    É possivel adicionar alguma outra propriedade a esse sabão? Alguma manteiga para maior hidratação ?
    obrigada.

    • Eliane,
      Tem que ser uma panela elétrica de cozimento lento (slow cooker ou crock pot). Não pode ser uma panela normal para cozinhar arroz.
      A panela slow cooker é de ferro espesso que é revestido com material cerâmico.
      Vc pode sim usar uma manteiga, depende da formulação que vc quer.

  11. Sr Roberto, boa noite.
    Acabei de cortar meu primeiro sabão transparente feito com sua receita e devo dizer que estou emocionada de tão lindo que ficou. ( E com PH 9 ).
    Nem sei como agradecer o quanto tem me ajudado suas informações.
    Todos os cursos nessa área são caros, acredito q valem cada centavo, mas nem sempre podemos paga-los e pessoas como o sr são fundamentais.
    Tenho uma série de dúvidas, então vou abusar de sua gentileza.
    O Sr usa qual água ?
    Eu posso usar algum outro líquido como leite, cerveja, pepino? em que momento?
    Eu posso usar sem esperar a secagem, já que foi feito a quente ?
    Coloquei um pouco numa forma de silicone ( de bichinho ) para ver o que acontecia e ficou lindo, tem algum problema?
    Mais uma vez obrigada, pode acreditar que está ajudando muito quem se interessa por essa área.

    • Eliane,
      Que bom que tudo deu certo, fico feliz com o seu resultado!
      Eu sempre uso água potável filtrada (o filtro fica na tubulação de entrada) de torneira, pois a qualidade da água por aqui é muito boa. Se sua água não for dura e não contiver particulado, vc pode usar sem problemas. Se tiver excesso de cloro, deixe um tempo em repouso antes de usar.
      Para o sabão transparente não costuma-se usar outros líquidos porque pode comprometer a transparencia. Em cold principalmente pode ser usado estes liquidos e sempre é usado substituindo se a água da diluição da soda.
      Sem problemas usar moldes de silicone.

      • Bom dia.
        Estou em São Paulo, e tenho usado água deionizada que não está muito barata.
        Costumo usar filtro de barro para água.
        Posso usar o sabonete antes das 2 semanas de secagem?
        Obrigada.

  12. Professor
    Na formula descrita acima foram usados 3 tipos de óleos ( Palma, Babaçu, e Mamona )
    Um total de 500 gramas para 106 g de AEV
    Gostaria de saber se é possível fazer apenas a base glicerinada vegetal usando apenas um tipo de óleo por exemplo, só:
    Palma;
    Palmiste;
    Babaçu;
    Óleo de côco etc…
    A proporção de AEV, Soda e Álcool, Solução de Açúcar e Glicerina mantem se a mesma quantidade?
    A Glicerina pode ser substituída por Sorbitol ou uma combinação desses, alguma vantagem?
    Abraço

    • Fernando,
      Não sei te responder para fazer base glicerinada, por que nunca fiz.
      A fórmula é para sabonete de glicerina, sabonete transparente.Creio que dê certo sem utilizar o palma, com a formulação básica, tem que testar.
      Usar somente um tipo de óleo não vai dar as propriedades necessárias ao sabonete.

  13. Professor
    A formula acima é para o produto acabado SABONETE Vegetal.
    Gostaria de saber se possível a formulação para se produzir A BASE VEGETAL DE GLICERINA. Já li nos comentários que não se deve usar o PALMA, pois dificulta o derretimento da base.
    Pode se fazer a BASE usando somente um tipo de óleo? Exemplo:
    Babaçu ou Óleo de Côco? A Glicerina pode ser substituída pelo Sorbitol ou uma mistura desses? Alguma vantagem?
    Antecipadamente agradeço.
    Abraço

  14. Olá!
    Estou encantada com os seus sabonete!
    Parabéns!
    Eu já fiz vários sabonetes, só que os resultados foram trágicos!
    Eles ficam perfeitos, muito bonitos, só que quando tomo banho com ele, sinto na pele um ardor, picando, queimando.
    faço tudo conforme a receita, peso e confiro as temperaturas dos óleos , soda e água.
    O que será que eu fiz de errado?
    Me ajude por favor! Pois quero continuar fazendo.
    Ficarei muito grata!
    Obrigada

    • Ivonete,
      Me passa a sua fórmula com todos os componentes e quantidades que farei uma análise e te digo o que pode estar acontecendo, inclua a pureza da sua soda. Se quiser pode mandar estas informações por e-mail

    • Eliane,
      Não pode ser usado nada de aluminio devido à alcalinidade residual logo após a saponificação. Essa alcalinidade vai atacar o alumínio.Neste sabão transparente é menos crítico mas não recomendo o uso nada de aluminio

  15. Bom dia!
    Estou tentando fazer sabonete artesanal e quando vou derreter a Glicerina,a mesma não derrete ela vira uma pasta,já tentei em panela,esmaltada em microondas e nada.Pode me ajudar ?rs

  16. Caro Roberto,

    obrigada mais e mais pelas dicas preciosas! Conversando com uma amiga que também faz sabão, ela me disse que pode-se usar álcool não sei qual) como substituto do dióxido de titânio com a função de branquear o sabão cold process normal. É real isso e, nesse caso, qual seria a porcentagem de álcool a ser usada? Não achei nada a respeito. Obrigada.

    • Maria Silvia,
      Eu nao conheço isso e nunca ouvi falar. O alcool no cold process vai “desandar” completamente o sabão, se colocar na massa líquido vai provocar o chamado seizing que é a rápida e brutal aceleração da emulsificação que impossibilita o seu manuseio.

  17. Ola´, gostaria de saber se vc pode me ajudar estou tentando fazer uma base glicerinada transparente com os seguintes componentes:

    gordura de coco……..282g
    oleo de canola……….212g
    oleo de girassol……..106g
    acido estearico………106g

    soda caustica 99%…….104g
    agua…………………………202g

    alcool etilico 96°……….334g

    açucar………………….202g
    agua………………………..132g
    glicerina……………………121g

    esta demorando muito para endurecer e na hora do rederretimento a base glicerinada queima por que parece que ficou muito grossa

    Se puder me ajudar te agradeço de coração……….

    • Cristian,
      Creio que vc se baseou na fórmula do sabonete transparente que se encontra no tutorial.
      Esta fórmula não é apropriada para fazer uma base glicerinada como vc pretende. Ela está formulada para o sabonete transparente e não permite fazer o derretimento posterior com facilidade, apesar de vc ter eliminado o óleo de palma.

      Para uma base glicerinada poderia ser esta:
      Coco – 40%
      Esteárico – 35%
      Mamona ou Canola ou Girassol ou mistura deles – 25%

      Açucar – 16% sobre os óleos
      Alcool – 50% sobre os óleos
      Glicerina – 30% sobre os óleos

      Soda e água – mesma da fórmula anterior

      • Caro Akira
        Na fórmula do seu sabonete se eu quiser trocar os óleos ou mesmo as quantidades, posso adotar as mesma porcentagens dos solventes que você utilizou ? Pois o que se diferencia de um Hot é a presença dos solventes, que no caso você usou álcool na quantia de 47% , açuçar em 28%, Glicerina em 17% e água a 18%. Neste caso você está usando mais solvente do que o peso total de óleo … Está correto meu raciocínio ? Posso adotar esses mesmas porcentagens ? Pergunto pois na apostila da Unioeste consta outros valores, mesmo que lá a formula é para base glicerinada, os valores são muito diferentes !! Agradeço a atenção !!

        • Daniella,
          A proporção ideal de solvente/sabão vai de 40/60 a 60/40.
          Trocar os requer ajustes que somente os testes podem determinar a relação ideal de água, glicerina, açúcar e álcool, que são os solventes.
          Esta fórmula já foram feitas dezenas de vezes pelas pessoas que acessam o blog sem nenhum problema.

  18. Olá, gostaria de saber se tenho como fazer base glicerinada transparente com:

    óleo de canola
    óleo de girassol
    gordura de coco
    acido esteárico

    água
    soda
    álcool etílico

    glicerina
    açúcar
    água

    Se der para fazer a base com estes ingredientes gostaria que se possível colocasse as quantidades de cada um; Seria eternamente grato!!!!!

    Seu site esclarece muita coisa em que eu tinha dificuldade , parabéns….ótimo trabalho…

  19. ola Roberto boa noite. Gostaria de saber se posso substituir o álcool etílico pelo álcool de cereais.desde já te agradeço e aceite meus elogios ao seu trabalho, tão bem explicado vê-se q eh com amor.

  20. Prezado Roberto,
    boa tarde, tudo bem?
    primeiramente muito obrigado pelo espaço e devoção pela arte, e meus parabéns pela beleza de seu trabalho.

    Fiz a receita conforme orientado em seu post, e gostei muito do resultado. Mas sei que há muito o que melhorar e me sobram dúvidas, então gostaria de consultá-lo sobre 7 pontos:

    1. Não usei o oleo de palma (que não encontrei para compra), substituindo a sua porção e medida pelo de babaçú. Gostaria de saber se eu tivesse usado palma a textura, durabilidade, ou outra propriedade do sabonete sairia diferente.

    2. Como fragrância, ao inves de 14ml de lavandim e 14g de limão siciliano, usei 28 de lavanda. Porém como resultado o cheiro não ficou agradável, ficou um tanto quimico. reparo que com o passar dos dias o cheiro de alcool vai embora mas não está agradável 100%… Há uma proporção diferente no caso de essência de lavanda? Essa medida varia para mais ou menos dependendo da essencia que se usa?

    3. Como corante usei um alimentício, pois não consegui outro nas lojas em que procurei. Há alguma propriedade que possa sair diferente no sabonete por isso?

    4. O tempo de maturação é sempre de 2 semanas mesmo? há a possibilidade de ser menor, sem alterar as propriedades, caso se use alguma substância na formulação ou etapa diferente no processo?

    5. Como fazer para o sabonete ficar ainda mais transparente? E como podemos fazer para ele ficar com uma aparência heterogênea, parte translucida e parte sólida-esfumaçada?

    6. Achei que o sabonete está acabando muito rápido, uma barra de 100g dura em média 6 banhos, é isso mesmo ou estou certo ao achar que está acabando rápido demais?

    7. Usei algumas ervas trituradas e finas para a receita, adicionando já na forma após despejar o liquido ao final da receita. Mas ela decantou por completo… ficou somente no fundo do sabonete. É possível adicionar alguma substância para que as ervas não decantem e se mantenham ‘espalhadas’ por todo o sabonete?

    ufa, são muitas dúvidas, estarei na expectativa e esperança do seu retorno.
    um grande abraço e mais uma vez muito obrigado!
    Paulo – BH MG

    • Paulo,
      Vamos as respostas:
      1 – sem o palma a seu sabão transparente ficou uma típica base glicerinada, cuja propriedade principal é permitir fundir com facilidade e fazer o artesanato em sabão. O óleo de palma dá dureza ao sabão e deve estar relacionado com a pergunta 6, dará maior durabilidade (lasting) ao sabão

      2 – se eu entendi, vc usou essencias para aromatizar o seu sabão. Eu uso óleo essencial que normalmente tem uma fragrância característica agradável. E vc usou essências precisa escolher bem a essência pois algumas não são bem formuladas e o cheiro não é bom. Aromatizar sabão depende do gosto pessoal e é por experimentação que se chega ao resultado que ser quer.

      3 – colorir o sabão transparente é tarefa delicada pois vc não pode usar pigmentos normais que tem boa resistência a luz porque por serem opacos acabam por tirar a transparência do sabão. Tem que usar corantes que são normalmente transparentes mas aí se depara com um outro problema, normalmente este corantes não tem resistência a luz ou ao meio alcalino do sabão, desbotam e perdem a cor. Tem que escolher um corante resistente.

      4 – é preciso no minimo 2 semanas para o sabão perder a água e evaporar uma parte do álcool. Quem sabe sendo a temperatura ambiente alta e com boa circulação consiga diminuir esse tempo

      5 – a transparencia é obtida pelo uso de solventes do sabão, que no caso é o álcool e o açúcar. Aumentando ambos, pode conseguir mais transparência mas tem um limite que vc deve obter por experimentação. Obter esse efeito que deseja, tem que experimentar, quem sabe com um sabão opaco misturado ao transparente ou experimentar com os solventes.

      6 – veja a resposta 1

      7 – tem que esperar o momento certo qdo a massa liquida já estiver com a viscosidade maior que imobiliza essas ervas.

  21. Muito obrigada pelas informaçoes.
    Estou procurando uma formula para preparar BASE GLICERINADA( melt & pour) ou seja aquela que posso derreter para fazer os sabonetes artesanais
    Agradeceria se você puder me ajudar com essa formula.
    Grata.

  22. Akira, eu faço sabões por cold process e 100% naturais, não uso nem corante, existe a possibilidade de se fazer um sabão transparente mantendo esse método?

    beijos e muito obrigada por todas a sinformações e esse site lindo! <3

  23. Bom dia Roberto, num comentário seu voce indicou a Paris Essências para comprar óleos essenciais e também as essências para cold , quais voce usou e que indicaria,
    pois tenho receio de usá-las , é seguro as essências da Paris, nas fórmulas poderia usar as mesmas proporções dos óleos. Arigatô Mestre Roberto

    • José Roberto,
      Eu citei as essências da Paris Essencias resistentes ao cold process.
      Eu testei e funcionam, mas eu não gostei do aroma, não é agradável.
      Outro lugar que tem essências que recitem ao cold é na Imperio do Banho, dizem que são de boa qualidade

  24. Boa Tarde!
    Prezado Roberto,
    Inicialmente gostaria de agradecer pelo compartilhamento das informações disponiveis neste espaço. Parabéns por essa iniciativa!!

    Minha dúvida, é saber se posso utilizar uma panela de aquecimento lento de aluminio, como essas que utilizamos em cozinha normalmente ou se é melhor que o interior desse equipamento seja de porcelana ou de vidro?

    • André,
      Não existe panela de aquecimento lento (slow cooker/crock pot) feita de alumínio, é sempre de ferro porcelanizado.
      Não pode usar aluminio porque o alumínio reage com os álcalis fortes como a soda e a potassa

  25. Olá Roberto,

    Tentei procurar nos comentários se alguém já perguntou isso, pra poupar seu trabalho de responder, mas a princípio não encontrei. Rs. Então gostaria de perguntar se é possível fazer sabonete transparente sem a glicerina bi-destilada. E se sim, como recalcular o álcool e a solução de água com açúcar?

    Muito grata!

    • Mariana,
      O sinonimo de sabonete transparente é o sabonete de glicerina, e portanto todo sabonete transparente contém glicerina.
      A glicerina além de ser um dos solventes deste tipo de sabonete é o que dá a característica de emoliência para este tipo de produto.
      Pode até ser possível fazer um sabonete transparente sem ter a glicerina, teria que aumentar o álcool e o açúcar na composição o que pode comprometer outras propriedades como a durabilidade, estabilidade à umidade, etc.
      As quantidades devem ser otimizados com testes.

  26. Olá Akira, também procurei se tinham feito essa pergunta para te polpar a resposta mais também não encontrei, rsrsrs segui exatamente a formula do sabonete glicerina usei formas de silicone e ficou lindo! O meu problema é que o meu sabonete não espuma de modo algum, é preciso esperar as duas semanas para que espume ou logo que endurece já é possível testar nas mãos a espuma? outra questão é que ele endurece muito rápido e as vezes fica esbranquiçada a parte de cima é normal? Agradeço por sua imensa generosidade você é uma das poucas pessoas que merece verdadeiramente muitooo sucesso em todas as áreas de sua vida, você é uma pessoal iluminada por Deus. Parabéns!!! Agradeço se puder responder no meu e-mail também! Abraços da sua aluna desconhecida rsrsrsrsrsrsrs

    • Edivane,
      Obrigado!
      Estranho não espumar, o normal é espuma logo que endurece, não é preciso esperar duas semanas.
      Isso de ficar esbranquiçado pode ser devido a espuma ocluidas na massa ou solubilidade comprometida da solução de açúcar.
      Retire a espuma formada e deixe a solução de açúcar bem quente.

      • Agradeço mestre Akira! será que o problema é eu não ter usado o óleo de babaçu? E ao vez do óleo de babaçu coloquei os seguintes óleos:
        Óleo de mamona
        Óleo de palma
        O Óleo de babaçu é o unico óleo que proporciona a espuma?
        Desde já agradeço por tanta sabedoria e o desprendimento do mesmo! Um dia terei o prazer de conhecer o mestre Akira pessoalmente.

        • Edivane,
          Em certo grau qualquer óleo qdo saponificado em sabão, produz espuma, mas os de coco (ácido laurico) é notadamente o melhor para espuma e limpeza.

  27. Mestre não é aquele que apenas ensina fórmulas e regras, mais sim o que desperta o aluno para aventura da vida.
    Quem compartilha o conhecimento, merece parabéns todos os dias!

    Parabéns ao mestre Akira por ser esse grande mestre e com certeza o seu legado vai ser passado por gerações de alunos esses mesmos sendo desconhecidos o admira e o segue como se o conhecermos pessoalmente por muitos anos. Mais uma vez parabéns mestre Akira e que esse novo ano venha com muitas surpresas boas para você, sua família e para todos os seus discípulos. FELICIDADES MIL!!!

  28. Bom dia, sr Roberto

    Ontem fiz minha primeira experiência com o sabão transparente. Não usei palma, somente esteárico, côco e rícino. Aromatizei com óleo essencial de laranja, o que proporcionou uma bela cor dourada alaranjada. Vou desenformá-lo daqui a algumas horas mas parece-me que tudo correu bem. Tenho algumas questões que gostaria de consultá-lo:
    1- É possível incluir outro óleo (p.ex azeite de oliva) sem comprometer as caractéristicas do sabão transparente?
    2- Caso seja possível, o cálculo é feito da mesma forma de um sabão cold? Óleos, soda e água? Li numa apostila da Unioeste que o ideal é 50 a 60% de “sabão verdadeiro” para 40 a 50% de solventes (álcool.açucar e glicerina) Está correta essa proporção?
    3- A quantidade de água para a lixívia pode ser calculada na calculadora mas e a quantidade de água para dissolver o açucar, como posso calcular?
    4- É possível usar extratos a base de glicerina vegetal para conferir propriedades e/ou perfumar o sabão? Se sim, essa glicerina deve ser descontada do total a ser utilizada no sabão? A mesma dúvida vale para as tinturas a base de álcool. É possível utilizar e é preciso descontar do valor total?
    Muito obrigada e tenha um bom ano de 2015.
    Nanci

    • Nanci,
      Que ótimo, eu vi o sabao no grupo, parabéns!

      1- Sim, é possível usar outros óleos como o oliva
      2- O cálculo é o mesmo. Essa relação é a relação estipulada por Thomssen and Kemp em 1939 qdo fizeram pela primeira vez o sabão transparente e continua válida.
      3- A água para dissolver o açúcar precisa ser o mínimo possível necessário para solubilizar toda a quantidade na temperatura estipulada. A solubilidade do açúcar refinado é de 300% a 70°C e 400% a 90°C.
      4- É possível usar extratos e tinturas mas seria importante testar antes para ver se não prejudica a transparência. Desconte sim as quantidades desde que seja significativa.

  29. Preciso fazer a base para sabonetes e logo derreter ,colocar essência e cor
    Estou usando sebo hidrogenado e óleo de soja .o resto da formula igual
    Agradeço resposta
    Osvaldo

  30. Parabéns, pelo belo trabalho!!!! Iniciarei este projeto….. Voce utiliza algum programa para fazer os cálculos das quantidades? Grata pelo conhecimento compartilhado!

  31. Parabéns Roberto! Lindo seu trabalho! Qual tabela voce usa para fazer os cálculos? A SoapCalc serve? Qual a receita para fazer uma base de glicerina? Muita gratidão pelo compartilhamento de seu conhecimento.

  32. Adorei sua formula de sabonete,mas gostaria de saber se posso trocar O ácido esteárico por gordura vegetal usada e o óleo de mamona por gordura animal,e fazer sabão de glicerina transparente tipo o ipê para uso na roupa e louça sem agredir as mãos.

  33. boa tarde,

    favor tira minha dúvida sobre ingredientes que conposiçao confundido. ex. qual é diferente entre hidróxido de sódio e soda cáustica ? onde vender Acido Estéarico Vegetal ?

    obrigada

    • Kevin,
      Hidróxido de sodio e soda é a mesma coisa, são sinônimos.
      O ácido esteárico pode ser encontrado na Engetec Engenharia das Essencias

  34. boa noite Roberto,

    gostaria de saber onde vender óleo glicerina ? tem algum site ou loja poderia comprar ? por causa eu morava estado MG muito difícil encontra glicerina.

    obg

  35. Queria saber se fazer esses sabonetes transparentes, sai mais em conta no bolso do que comprar a base e fazer o processo, a base ta em media 7 reais; quanto sai 100 gramas de base nessa sua fórmula, obrigado e parabéns.

    • BB
      Engano seu, esse é um sabonete transparente e não um sabonete feito de base glicerinada.
      A qualidade deste é muito superior a esses de base glicerina e ele não funde qdo aquecido como a base.
      O melhor da história, é mais barato do que esses sabonetes feito com essas bases de péssima qualidade que sempre vai dar um péssimo sabão.

  36. Caro Roberto
    Para fazer o hot process devo usar a panela de aquecimento lento no modo baixo ou alto? Obrigada por suas explicaçoes tao preciosas!
    Rosana Caram

      • Obrigada, Roberto. Posso perguntar mais uma coisa? Os sabonetes feitos pelo hot process ficam hidratantes como os feitos a frio? Supondo que seja a mesma receita, por exemplo, de oliva puro. Muito obrigada novamente.

        • Roberto, mais uma coisa….por favor. Ainda no sabao a quente normal (sem ser o transparente), quando saber que ja é hora de finalizar o aquecimento na crock pot? Só pela textura da massa acho meio dificil. Fiz, parece que deu certo, mas estou em dúvida se tirei o sabao da crock pot no momento certo. A massa estava parecendo um pouco transparente e naquele formato pure de maça. O cozimento durou mais que uma hora. Super obrigada, Rosana.

          • Rosana,
            Tem que observar as fases que passam a massa de sabão durante o cozimento e também o tempo decorrido, que deve ser de no mínimo 40 minutos, depende da panela slow cooker.
            A confirmação de que a saponificação está concluída é feita medindo o pH do sabão.

        • Rosana,
          Em termos de propriedades são exatamente iguais, no processo HP a saponificação é concluída antes de se colocar a massa no molde, e no CP ela é concluída dentro do molde, nas primeiras 72 horas. O aspecto estético são diferentes, o HP é mais rústico pq é difícil manusear a massa devido a alta viscosidade.

          • Obrigada, Roberto. Andei pensando mais uma coisa, se a saponificacao do processo a frio é concluída em 72 horas, entao a necessidade de deixar os saboes curando por 4 a 6 semanas nao eh para completar o processo de saponificacao, nao eh? O PH deve estabilizar apos as 72 horas (aproximadamente) , nao eh? As 4 ou 6 semanas seriam para os saboes secarem e ficarem mais durinhos? Muito obrigada, novamente. Rosana

  37. Oi,
    Muito obrigada por compartir os teus conhecimentos.
    Tem sido de muita ajuda. E, principalmente, informacoes muito confiáveis.
    Onde moro, Los andes, Chile, nao encontro uma variedade muito grande de óleos, por isso, me gustaria saber como fazer essa base glicerinada usando óleos mais fáceis de encontrar aqui, como o de girassol, canola, milho, oliva .
    Muito obrigada

  38. Eu ainda nao consegui ler tudo o que voce posta, mas com o pouco que li resolvi fazer uma barrinha de apenas ” 100 graminhas” com oliva e cera de abelha. Menino, ”ce” nao tem noçao do trabalhao, bati com uma colher de pau, olha quase fiquei sem braço por causa dessa barrinha. Mas o resultado deu gosto,ficou maravilhoso, ja encomendei um mix para conseguir maior quantidade sem perder meu braço. DEUS TE ABENÇOE CADA VEZ MAIS, e com todo respeito, continuo te amando por ter uma alma nobre.

    • Venderlaine, estou começando e estudando pra fazer minha primeira experiência, contudo o medo toma conta quando penso em começar com uma quantidade grande de matéria prima. Você poderia enviar a quantidade de material que usou para fazer sua barra de 100g? grata!

  39. Olá Akira!
    Obrigada pela informações valiosas!
    Quero saber se posso trabalhar com ph inferior a 10.
    Já os sabonetes que usam a glicerina pronta e se adiciona os óleos e aditivos, eles tem controle de ph já que a glicerina é industrializada?
    Qual seria o ph ideal para pele?

    Abraço e beijos

    • Thais,
      Um sabão bem equilibrado e correto vai ter o pH entre 9 e 10.
      Para o sabão, que é um produto de arraste, isto é, não fica na pele, o pH de 9 a 10 é adequado

  40. Olá Akira,primeiramente gostaria de agradecer pelo excelente trabalho e atenção que vi aqui no seu site com as pessoas,diferente da maioria dos blogs vc não deixa ninguém sem resposta e acho bacana a sua dedicação.
    Gostaria de saber se com os óleos de milho,soja,canola ou girassol é possível se fazer uma base glicerinada,ou só é possível usar esses óleos juntamente com o óleos de babaçu ou de mamona. E para se obter uma base cremosa que tipo de óleos e ou extratos seria bom.Obrigado.

  41. Boa noitre akira excelente trabalho que vc desenvolve.Estou querendo fabricar sabonetes para os hotéis e motéis da minha região,gostaria de saber que tipo de base seria mais ideal para essa finalidade tendo em vista ser um sabonete mais barato e precisa ter um baixo custo.Quais os tipos de materiais seriam os mais indicados.Obrigado

  42. HI, beautiful job, I love.. eu gostaria muito de entrer em contacto com voce
    ja fiz muitos testes de base e nao tenho ainda o que eu procuro, eu compro a base pronta mas e um risco que levo .. porque nao sei esatamente o que tem dentro dessas bases. pq trabalho com outros probutos que reagem na mestura ,, entao estou procurando um anjo, pra me ajudar, a essa base,,,, mas minha base tem que ser so de banha, ou sebo, ou oleo, de vegetal, tb pode mesturar os trez.
    o que nos estados unidos e terrivel encotrar materias pra fabricacao, aqui se compra da china o que pode sair mais em conta ,so que china vende merda enlatada ai nao da sorry,rsrsrsr descuspa ai a real… preciso melhor se vc. poder me ajudar fico muito grata e agradeco, … desculpa meu portugues que esta ficando ruim.. podemos conversar no cell… obrigado.

      • muito obrigadi pelo carinho vc. e nice !!! :) o que eu vi o seu sabonete, esta bem parecido do que estou querendo ,ja algo pronto que usa e ja coloca os ingrediente,que ja fica pronto ,eu preciso de sabonete que fica trasparente,que eu possa usar alcool.. eu uso a base pq nao to asertando no trasparente com alcool. :( pra ficar trasparente nessa sua receita colocando as gorduras de banha e sebo e oil ,,, nao fica trasparente ?
        pq eu fiz ficou bem dura e banca,, vix rsrsrs isso babacu mamonas e essa tanta coisa tem que ter pra ficar trasparente se poder me respoder ok brigado !!

  43. Olá Akira! A minha referência para os sabonetes que faço é a sua página. Parabéns!
    Gostaria de aproveitar para tirar algumas dúvidas:
    1- Depois de quanto tempo podemos utilizar este sabonete glicerinado?
    2- Nas fórmulas normais de Cold Process, no momento da adição dos óleos essencias, ainda existe a presença da soda que pode danificá-los?
    3- No hot process eu costumo adicionar os óleos em excesso e óleos essencias a uma temperatura abaixo de 50ºC. Mas nesta hora a massa já está bastante espessa, dificultando a mistura e prejudicando a uniformidade na massa. Eu poderia adicionar a uma temperatura um pouco maior?
    4- Em quanto tempo termina o processo de saponificação no cold process? É realmente necessário aguardar de 4 a 6 semanas?

    Agradeço a sua atenção e disponibilidade em nos esclarecer.
    Se desejar receitas e pães com fermentação natural, é só pedir.
    Grande abraço!!
    Sílvio.

    • respondendo a pergunta 4… Esse tempo é para que o sabão possa secar obviamente se o quiser usar antes pode usar nao tem mesmo que ser as 4 ou 6 semanas. A 3ª acho que podes meter antes que se torne mais dificil de mexer mas nao tenho bem a certeza. a 2 e 1 nao sei

    • Silvio,
      1 – esse sabão é feito por hot process e portanto a saponificação estará completa ao final do process e assim sendo, qdo secar pode usar
      2 – Sim, existe soda e alguns OE podem ser afetados
      3 – Depende do OE, aqueles que tem flash point elevados, podem ser adicionada até a 70 graus
      4 – o João respondeu, obrigado João

  44. Senhor Roberto, muito obrigado pelos valiosos ensinamentos. Fiquei com algumas dúvidas sobre este processo hot process aqui descrito:
    Gostaria de saber qual o material da cuba da panela elétrica e se o NaOH não ataca ela. Tenho receio de danificar meu equipamento de cozinha. E quanto ao mixer, depois de algum uso, ocorreu alguma degradação devido à soda?
    Outras perguntas:
    – O ácido esteárico é sólido, pode ser usado em cold press?
    – Na foto o óleo de babaçu está sólido. Comprei um que está bem líquido, seria de baixa qualidade?
    – O óleo de mamona pode ser qualquer um? Existe algum que seja tóxico e deva ser evitado?
    – A glicerina é líquida? Posso substituir pela sólida, já que será aquecida?
    – Termômetro e medidor de pH, indicaria características e/ou marcas específicas? (p.ex., Infra-vermelho, etc.)
    Tudo de bom e obrigado.

    • Antonio,
      A panela de cozimento lento é feita de ferro revestido de cerâmica que resiste à soda>. Melhor seria se segregasse essa panela só para uso na saboaria.
      O mixer cuja haste é feita de aço inox praticamente não é atacado pela soda.
      Pode ser usado o ácido esteárico no cold, a quantidade recomendada é de no máximo 5%
      Só existe um tipo de óleo de mamona, que é o normal refinado
      O ponto de fusão do babaçu é baixo e portanto dependendo da temperatura ambiente pode se liquefazer
      Não existe glicerina sólida
      Termometro laser infravermelho recomendo o da maraca Fluke e o pHmetro digital o da Hanna

      • Muitíssimo obrigado senhor Roberto!
        Permita-me complementar: comprei uma estearina que vem sólida em flocos. No cold press ela é adicionada sólida mesmo ou recebe algum trantamento/aquecimento para misturar aos óleos?
        Quanto à “glicerina sólida”, como eu não sabia, comprei uma base glicerinada para sabonete. Daí ser sólida.
        Abraço!

  45. Senhor Roberto, na embalagem diz “Ácido Esteárico” e mais abaixo diz “Nome comum: estearina”. É da Quimihal.
    A dúvida que fiquei é: se precisa derreter, o processo não deixaria de ser “cold press”? Eu derreteria junto com os óleos e depois esfriaria para juntar à NaOH?
    Até breve.

    • Antonio,
      Se trata então do ácido esteárico.
      Sim precisa derreter. O processo ainda seria o cold process porque não seria utilizado calor para provocar a saponificação.
      O ponto de fusão do ácido esteárico é de 71 graus Celsius, dependendo da quantidade usada, a temperatura da mistura de óleos precisa ser de forma que não haja a solidificação do esteárico

      • Mestre Akira:
        Pegando uma carona na pergunta do Antonio Lima Jr, gostaria de saber:
        Usando estearina (C57H110O6) no lugar do ácido esteárico (C18H36O2), seria o caso de se adicionar apenas 1/3 da primeira substância na fórmula acima? As composições de ambas foram obtidas no Dicionário Houaiss.
        Obrigado e os mais sinceros cumprimentos pela qualidade de seu site e pela sua boa vontade.

  46. Olá Roberto!
    Adorei essa receita para sabonetes transparente, mas gostaria de saber pra essa quantidade que usou qual foi as dimensões da forma e a espessura em que cortou o sabonete para que ficasse com 100g?

    • Adejasse,
      Vc tem que determinar o tamanho do seu lote em função do tamanho (volume) do seu molde.
      O volume é altura x comprimento x largura. Minhas barras tem +-130g de sabão e o tamanho é de 6 x 9 x 2,5cm.

  47. Sr Akira , muito boa tarde…Estou começando agora a arte de fazer sabão .Tenho lido muito o seu site…Tem me ajudado muito .Tenho uma duvida…Vi em uma resposta sua que base glicerinada é feita sem oleo de palma.Esta base glicerinada é aquela que posso derreter depois de pronta e colocar aditivos , extratos e cor?Agradeço muito pelas dicas .Que Deus te abençoe muito .
    JACI

  48. srº Roberto, grata pela sua generosidade em dividir seus conhecimentos com o mundo. Gostaria de saber qual tipo de termometro posso usar nestes casos?

    • Rafaella,
      Praticamente qualquer termometro. Só evite os de vidro e com mercúrio.
      O recomendado é vc investir num termômetro digital de infravermelho e mira laser. Pode também ser um termômetro de cozinha, digital que mede se o assado está no ponto

  49. Bom dia!!

    Gostaria de saber se eu posso derreter esse sabonetes depois para colocar as essências que eu quero.
    Quanto tempo dura essa barra?
    e como posso fazer a barra branca.

    Att;

  50. Roberto, bom dia!

    por favor me ajude! Não sei mais para onde correr!

    O meu problema é com as essências!
    Eu fiz sabonetes glicerinados, também processo cold, estou frustrado, meu produto final não tem cheiro, fica pouca fragrância!
    Na casa de essência que costumo comprar os produtos, usei 30ml para 1 quilo de base glicerinada e não tive sucesso, passei a usar 60 ml e não resolveu, a mesma coisa acontece no processo cold também. Sempre respeito as notas alativas das desessencias não ultrapassando as temperaturas mas não tem jeito. Desconfio que eles diluem com álcool ou óleos para render, porque eu pago 6 reais em 50 ml, muito barato uma essência dessa.
    Então resolvi mudar de fornecedor, procurei produtos da wnf, fui na farmácia de manipulação, essa semana fiz o sabonete com óleo de coco, girassol e oliva, coloquei 18 gotas de óleo essencial de lavanda da marca wnf, como não achei essência nessa farmácia de manipulação, usei apenas esse óleo. Pesquisei e sei que ele é terapêutico e que o cheiro dele vai desaparecer em alguns dias, mas o efeito de tratamento permanece, os clientes querem cheiro também, então tentei saber sobre o da marca aromagia da wnf (aromatizante de ambiente) se poderia usar como essência para sabonetes) usar junto com oleo essencial, mas os funcionários da farmácia não sabem dizer.
    Queria tentar passar usar produtos da wnf, mas não encontro essência ou os funcionários não estão bem treinados. Estou quase apelando para essencia importada, parei de fazer sabonetes até resolver isso está difícil.
    você pode me inciar essências de qualidade para meu sabonete?
    gostaria de saber também se posso usar aromatizador da wnf para sabonete e qual é a proporção para 1 kilo, oleos essenciais também, mesmo que sejam naturais mas são super concentrados, se tem restrição se passar da medida. As pessoas querem me vender mas não sabe explicar isso, então estou cada vez mais confuso porque uns falam que pode outros falam que não pode todos em contradição. Eles não sabem me dizer também se existe essência para fazer sabonete 100% natural nada de sintéticos.

    Desde já agradeço muito sua atenção e ajuda!!!

    • Marcos,
      Eu não faço artesanato em sabão com base glicerinada.
      No cold process tem que usar ou óleo essencial ou essencias especificamente elaboradas para poder usar eno cold.
      O principal fator da falta de cheiro é a quantidade usada. Precisa usar de 4 a 6% de OE sobre a quantidade de óleos.

  51. olá,

    Estou incialmente trabalhando com sabonetes glicerinados. Como utilizo o design dos meus sabonetes com cores e transparencia, gostaria de saber se existe uma base glicerinada mais transparente do que esses encontrado no mercado q é mais amarelado. Vi que em portugal o pessoal utiliza muito uma base glicerinada cristal, q é muito mais transparente das q utilizamos aqui.
    Vc sabe se existe algo pra colocar na base q o torna mais transparente e menos amarelada?

    muito obrigada

  52. Olá Akira, tudo bem?
    Uma curiosidade: no sabonete transparente é possível usar oliva? Quais os óleos indicados em uma fórmula bem balanceada?
    Abraço

  53. Boa Tarde Roberto!

    Uma curiosidade.

    Essa grande porcentagem de Óleos Duros (saturados) tem relação direta com o processo de transparência? Foi utilizada essa formula por algum motivo especial?

    Não posso utilizar formulas mais “combinadas” de óleos como 20% palmiste 20% palma 60% oliva por exemplo?

    Muito grato.

    Att.,

    Rafael

  54. Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo otimo acolhimento e instrução que o sr. faz neste site.
    1 – gostaria de saber qual a porcentagem de soda Be 40% que devo usar por gordura, no caso utilizo 2000g de sebo clarificado e 1500g de oleo de babaçu 1800 de alcool 600 glicerina etc…,
    2- como transformo a quantidade de soda seca 99% para a soda liquida baome 40%.
    é que peguei aquela apostila que o sr. recomenda da unioeste, ela mostra os calculos para soda seca, eu ja tenho preparado a soda baome 40%.
    3- o que ocorre, quando fiz a base ao colocar a soda ela saponizou ficando um creme mole de cor bege e depois que coloquei o alcool e o açucar ela começou a ficar dura com uma cor bege? coloquei os outros ingredientes e ficou a mesma coisa.
    4- posso depois de feito a soda baome 40% transformar ela a 36%, e como faço?
    obrigado.

    • Gilson,
      Que unidade é essa de Be 40%. Os graus Baumé (Bé) é um a escala densimétrica que é usada para determinar a concentração de algumas soluções, entre elas a lixívia.
      Para calcular a quantidade de soda, veja material sobre isso no site.

  55. Exatamente isso professor , nao me expressei corretamente, fiz a lixivia com escala densimetrica de 40ºBé e gostaria de baixar para 36ºBé, nao sei se ha condições de fazer isso. so estou em duvida o seguinte: eu tenho essa lixivia 40º Bé preparada e gostaria de usa-la na confecção da base, em todos os sites mostram a soda 99% geralmente misturada com a mesma quantidade de agua do peso. para eu usar proporcionalmente minha lixivia, qual seria o calculo que faço? seria uma regra de tres simples? por exemplo:

    lixivia 40ºBé – 500g
    soda 99% – x

    daria um total de 1238ml de lixivia 40ºBe proporcional aos 500g?

    obrigado novamente

  56. Olá Prof. Akira
    Resolvi o problema do traço que eu estava enfrentando, realmente foi a temperatura muito alta como o senhor havia me falado. Agora venho te perturbar novamente. Fui solicitado por algumas mães, amigas minhas, a produzir sabonete glicerinado para elas usarem com seus filhos. Venho então estudando suas fórmulas porém preciso de um sabonete glicerinado que esteje com um elevado condicionamento. Enfim cheguei a uma formulação que gostaria que o senhor desse uma olhada e me dissesse um parecer técnico. Desde já agradeço imensamente.
    A formulação é a seguinte:

    Óleo de côco: 20,7%
    Ácido esteárico: 24,1%
    Óleo de rícino: 27,6%
    Óleo de canola: 27,6%
    Álcool de cereal: 34% sobre óleos
    Glicerina: 20,6% sobre óleos
    Açúcar : 11% sobre óleos

    Usei a calculadora mendrulândia para calcular a lixívia e os parâmetros foram estes:

    Dureza:51
    Bolhas:45
    Persistência :45
    Limpeza:57
    Condicionamento:49

    Fiquei preocupado com este valor de 57 pra limpeza que já está alto, porém, se reduzir a quantidade de óleo de côco para diminuir este valor, também diminui as bolhas. O condicionamento ficou com valor excelente.
    E então professor? Qual o seu parecer?

    Grande abraço.

    • Nelson,
      Veja as informações que estão no tutorial sobre sabonete transparente (sabão de glicerina).
      Para analisar a performance de uma formulação de sabão precisa conhecer vários temas, a começar pelas propriedades dos óleos.
      Veja material nos posts.

  57. Professor,
    Também tive o mesmo problema do Gilson, no item 3, que segue abaixo:
    “3- o quê ocorre, quando fiz a base ao colocar a soda ela saponizou ficando um creme mole de cor bege e depois que coloquei o alcool e o açucar ela começou a ficar dura com uma cor bege? coloquei os outros ingredientes e ficou a mesma coisa.”
    Vi que a resposta foi a alta temperatura. Pergunta: qual a temperatura ideal para o processo ?

  58. Caro Akira, vou tentar fazer sabonete transparente conforme seu tutorial, mas estou com dúvida relativa ao tempo do processo, com a slow cooker ligada no momento que começo a adicionar a solução de soda e alcool até colocar a solução de açucar quanto tempo leva ? Durante todo esse tempo tenho que estar intercalando o mixer com movimentos manuais ? O sabão chega a cozinhar como no hot process que chega a ficar 1 hora na slow cooker ? Pergunto pois no seu tutorial parece ser bem rápido este processo e em outro site (http://www.lovinsoap.com/2016/08/make-clear-transparent-soap-scratch-making-transparent-soap-guide/) o sabão fica cozinhando várias horas !! Agradeço sua atenção mestre. Abç !

    • Daniella,
      O processo é bem rápido, em menos de 20 minutos estará pronto.
      Tem vários modo de se fazer o sabão transparente. O que está no tutorial dezenas de pessoas já fizeram com sucesso.

  59. Olá Akira, cada dia me apaixono mais pela arte da saboaria e o senhor é uma fonte de conhecimentos e inspiração. Vi no Instagran de uma saboeira que ela faz os sabões transparentes como vidro. Acredito que a base é bem parecida com a sua, pois ela utiliza óleos de coco e azeite. Sabe me dizer que aditivos são usados para se conseguir esse efeito? Muito grata.

  60. Olá Roberto,
    Você já testou essa receita com óleo de Buriti? Saberia me dizer o índice de saponificação para soda e potassa?
    Gratidão pela atenção e disponibilidade!

  61. Outra coisa, você saberia também o índice do óleo de Macaúbas? Para soda e potassa… já pesquisei, mas não encontrei desses óleos…

    • Irani,
      Sabão transparente precisa de solvente para deixa-lo transparente, o álcool é um dos solventes.
      O modo mais seguro de incorporar o álcool é misturando com a soda

  62. Boa tarde, Prof. Akira
    Primeiramente parabenizá-lo pelo incrível conteúdo que disponibiliza neste site!!
    Aprendo muito por aqui!
    Tenho uma questão a respeito do sabão transparente: é possível fazê-lo apenas com gordura + álcool + NaOH e obter alguma transparência?
    Busco uma fórmula o mais simples possível!!
    Grande abraço!!

  63. Sr.Akira gostaria de tentar fazer esse sabonete mas tenho duas duvidas: 1 quero usar soda líquida então teria que aquecer a 40 graus? 2 devo colocar o álcool na soda quente? Grata pelas dicas.

    • Madina,
      Pode usar soda liquida sem problemas e independente se é liquida ou sólida preparada em solução tem que obedecer os parâmetros de temperatura

  64. Sr. Akira. Boa noite. No caso do sabonete glicerinado tem como deixar ele mais duro? No caso eu comprei aquelas barras prontas,mas na hora do termino eles não . teria como deixá-los mais durinhos? Abraço.

    • Ricardo,
      Se vc está falando de base glicerinada que é usada no artesanato em sabão, como eu não mexo com este tipo de produto não saberia te dizer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>